Sobre Caconde – SP

Conheça mais sobre Caconde, localizado em SP com diversos pontos turísticos.

img_grande

HISTÓRIA DE CACONDE – SP

Encravada entre montanhas, margeada pelo Rio Pardo e cercada por uma envolvente paisagem, a cidade de CACONDE, posicionada ao norte de São Paulo, a 290 km da Capital Paulista, vem se revelando como importante destino para os turistas que buscam sossego, tranqüilidade, clima medicinal, vivências esotéricas e, também, para os turistas que curtem esportes de aventura, com muita adrenalina.

Cidade típica do interior paulista, faz divisa com Minas Gerais, tem 20 mil habitantes que convivem  harmoniosamente com os visitantes que chegam de todos os lugares do país e até do exterior, atraídos pela natureza, o clima privilegiado, a parte histórica, os esportes radicais e uma série de outros aspectos que ajudam a compor um cenário diferenciado que agrada a variados perfis de turistas.

Ao passear pela Estância Climática de CACONDE é impossível não encantar-se com a arquitetura de casas antigas que conservam as características originais. Alguns tombados pelo Condephat estadual. As noites iluminadas ressaltam o coreto da praça central e revelam a arte estampada na fronte da matriz Santuário da Igreja de Nossa Senhora da Conceição – sua padroeira.

Completando a paisagem do município estão as diversas e pequenas propriedades rurais, fragmentadas ao longo dos anos em função da divisão de bens e heranças dos grandes fazendeiros e produtores de café. A cultura do café é anual, e dela que vem a maior movimentação econômica da municipalidade, mas que tem aberto espaço ao turismo dos mais variados segmentos, como uma segunda opção de geração de emprego, renda e sustentabilidade a estância.

A criatividade de seus moradores pode ser notada também, na culinária artesanal, onde ingredientes simples se transformam em delícias de dar água na boca. Vale a pena experimentar a geléia de pimenta, a pasta de berinjela e o doce de leite com canela. Os vários tipos de pimenta são transformados em belas peças decorativas e os cafés especiais produzidos na cidade.

De acordo com a História do município, CACONDE, na época das entradas e bandeiras, era a passagem dos para os demais Estados por sua localização na divisa geográfica das antigas capitanias de Minas e São Paulo. Hoje, como Estância Climática, Caconde deixou de ser passagem e passou a ser parada obrigatória para os que procuram um tesouro muito mais precioso: as suas belezas naturais aliados, o clima fantástico, ótimo para a saúde, os esportes radicais, seu famoso carnaval, além de sua importante história  ocorrida, principalmente no século XIX.

A construção da Usina Caconde, compondo lago da Graminha do Rio Pardo na década de 50 sinalizou o grande potencial turístico da cidade, despertando o interesse público e do poder administrativo do município.

Em 1966 houve a conquista do título de “Estância Climática”. Os proprietários de fazendas nos anos 80 deram uma importante contribuição para a recepção de turistas ao oferecerem suas fazendas para aluguel para o chamado turismo rural. Posteriormente, foram organizados eventos com o objetivo de atrair mais turistas e foram feitos outros investimentos, como a criação do Parque Prainha e Praça Esotérica e panorâmica do Mirante.

O grande potencial natural, porém, somente começou a ser notado com maior interesse nas décadas de 90. As cachoeiras, as montanhas com matas nativas, escarpas rochosas, rio perenes e corredeiras, todos naturalmente preparados passaram a ser explorados para a prática do turismo de aventura, colocando Caconde no cenário nacional e até despertando interesse a turistas estrangeiros pela qualidade de seus serviços nos esportes de aventura e ecoturismo. Surge “Caconde, a Estância turística”. Segundo o professor, João Fernando Orrico Cantarelli, conhecedor da história e tradições da cidade, o turismo esotérico tem se destacado. Grupos de pessoas que praticam a meditação já elegeram Caconde como um lugar de visita periódica obrigatória.

× Olá, posso te ajudar?